MANUTENÇÃO CENTRADA NO NEGÓCIO

A Manutenção da sua empresa está sendo chamada a apresentar um novo patamar de resultados?

O que precisa melhorar? Controles? Documentação? Indicadores? Taxa de Falhas? Disponibilidade de equipamentos? Confiabilidade?

Fazer o que sempre se fez só produz resultados iguais. Para sair do lugar comum é preciso, em alguns casos, melhorar. Em outras situações é preciso inovar.
Quer saber seus PONTOS FORTES E FRACOS e estabelecer um Plano de Ação?

Para se saber onde se quer chegar é preciso saber onde se está. Só assim é possível se traçar um trajeto e preparar-se para o que vai encontrar pelo caminho escolhido.
Recomenda-se, para esses casos, uma Análise e Diagnóstico da Manutenção:

O que fazer? Aplicação de metodologia de leitura 360 graus, com entrevistas e aplicação de questionários para a Manutenção, Operação e demais setores. Os relatórios da consultoria incluem determinação de pontos fortes e fracos, além de Plano Mestre de Ação com as 8 linhas de trabalho principais.
A quem se aplica: toda empresa deve fazer uma “leitura” dessas a cada 3 anos.

Tempo de duração: 1 semana

Quer implantar uma Gestão de Ativos proativa?

Quem não controla, não gerencia. Essa frase antiga e verdadeira se aplica ao básico do básico na Gestão de Manutenção competitiva. Estar no comando é saber o que se passa.Quem não controla, não gerencia. Essa frase antiga e verdadeira se aplica ao básico do básico na Gestão de Manutenção competitiva. Estar no comando é saber o que se passa.

Recomenda-se para estas situações uma Organização da Manutenção: O que fazer?

Aplicação de metodologia especial para uma organização da Manutenção em padrões classe mundial, incluindo a descrição dos processos internos, matriz de responsabilidades, priorização dos equipamentos, descrição de funções, plano de qualificação, elaboração de diretrizes e procedimentos operacionais, implantação de relatórios gerenciais, formulários e padrões, painel de indicadores, organização da documentação técnica e de atendimento à legislação.

A quem se aplica:

Unidades novas (projetos greenfield), empresas que buscam mudanças de paradigma na manutenção, empresas sujeitas a auditorias externas, empresas com implantação de politicas corporativas e ou em processos de harmonização da manutenção em empresas multi-sites.

Tempo de duração: de 3 a 6 meses

Quer implantar uma Gestão de Ativos informatizada?

Quem não controla, não gerencia. E quem não tem dados confiáveis não toma boas decisões. E mais, quem não tem a boa informação no tempo certo pode até tomar a decisão certa, mas atrasado.
Gerenciar hoje, sem informatização, e querer ser competitivo, é como imaginar chegar ao Everest sem a roupa adequada.
Recomenda-se para estas situações uma Informatização da Manutenção:
O que fazer?

Aplicação de metodologia especial para seleção de software de gestão, priorização e classificação de equipamentos, geração de planos de manutenção, inventário geral, treinamento de PPCM (Planejamento, Programação e Controle de Manutenção).

Inclui ainda implantação de relatórios gerenciais, painel de indicadores, organização da documentação (Procedimentos, Diretrizes, etc.).
A quem se aplica?

Empresas que buscam integração da função Manutenção no esforço gerencial e produtivo da organização como um todo, aumento de disponibilidade e confiabilidade, aumento de produtividade e racionalização do uso de recursos.
Tempo de duração: de 3 a 6 meses

Converse no WhatsApp
Share This